TV Câmara propõe às entidades de proteção animal divulgar ações

27675166344_cde0b4f3fc_o

O vereador Paulo Bufalo (PSOL) participou da reunião (13/7) sobre a inserção da pauta de proteção e defesa dos animais na grade de programação da TV Câmara. O encontro contou com representantes do Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais, diversas Organizações Não-Governamentais – ONG’s e o diretor do Departamento de Proteção e Bem Estar-Animal, Paulo Anselmo Nunes Felipe.

O objetivo da Câmara Municipal é divulgar ações da causa animal e iniciativas das ONG’s como as feiras de adoção, mutirões de castração e de vacinação. A TV Câmara vai criar um novo programa, quinzenalmente, com previsão de ir ao ar a partir de agosto. Os participantes sugeriram campanhas específicas como os problemas causados pelo uso de fogos de artifício aos animais que também atingem às pessoas.

É uma ferramenta muito importante que vai nos ajudar muito”, comemora a presidente do Conselho Municipal, Ingrid Menz. Para o vice-presidente do Conselho, Flávio Lamas, ampliar a divulgação de ações pode levar ao aumento do número de adoções e conscientizar as pessoas para o respeito aos animais.

Paulo Bufalo, membro da Comissão de Proteção e Defesa dos Animais da Câmara Municipal, sugeriu que os programas abordem também protetores independentes. “É importante ir para além das ONG’s, e o Conselho Municipal deve estar sempre envolvido”, avalia.

A TV Câmara já veicula matérias e campanhas institucionais em prol dos animais. Neste mês de julho, por exemplo, está no ar o “Câmara nas Ruas” que aborda a doação de cobertores para cães de rua. O tema também pode ser visto no quadro “Giro Ambiental” do programa “Meu Ambiente”.

Iniciativas de Paulo Bufalo em defesa dos animais

O Projeto de Lei 168/2014, de autoria do vereador Paulo Bufalo, que trata da proibição da soltura de fogos de artifício. O PL foi votado em primeira discussão e segue tramitando na Casa.

- PL 224/2015 que permite o acesso de cães e gatos nos abrigos que atendem pessoas em situação de rua em Campinas.

- PL 295/2013 assegura o direito à moradia aos animais domésticos em apartamentos.

- PL 195/2013 estabelece regras para que projetos relativos aos animais, seja objeto de parecer do Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais – CMPDA.

- A LEI QUE PROIBIU RODEIO EM CAMPINAS, nº 11.492/2003, proíbe a utilização de animais, em geral, em espetáculos realizados em Campinas.

- Lei nº 11.624/2003 proíbe o comércio do chumbinho e a lei nº 11.475/2003 obriga a sinalização nas vias públicas urbanas e rurais sobre a travessia de animais silvestres.

PL permite animais em abrigo – julho de 2015.

Cobrança de reabertura da Delegacia de Proteção aos animais – maio de 2015.

Cobra prefeitura sobre capivaras no Alphaville – novembro de 2015.

 

 

Fotos e informações: Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Campinas
Posted in Noticia and tagged , , , , .