Câmara Municipal sedia debate sobre agrotóxicos e agroecologia

A Câmara Municipal sedia debate sobre meio ambiente em Campinas, “O combate aos agrotóxicos e o apoio à produção agroecológica”, nesta terça-feira, dia 12/11, às 19h. A realização é do Comitê Contra os Agrotóxicos de Campinas e tem a organização do vereador Paulo Bufalo (PSOL). O Comitê foi criado na Câmara, em março (foto), com entidades e produtores rurais que trabalham com produtos orgânicos na cidade e mantêm a luta contra o uso de agrotóxicos nos alimentos e participa da Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e pela Vida, para saber mais acesse:http://www.contraosagrotoxicos.org

O Brasil é campeão no consumo de alimentos com agrotóxicos, são 15,28% com resíduos acima do permitido, de acordo com a Anvisa. No evento de terça-feira, o objetivo é debater o fim de produtos contaminados na mesa da população e apresentar a produção agroecológica da região de Campinas. Leia abaixo sobre Projeto de Lei que proíbe agrotóxicos em Campinas.

O debate será conduzido pelo vereador Paulo Bufalo e contará com a presença do professor de agroecologia da Ufscar, diretor da Associação Nacional de Agroecologia e membro da Comissão Técnica Nacional de Biossegurança – CTNBio, José Maria Gusman Ferraz, do agrônomo da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral – CATI (regional Mogi Mirim) e da Associação de Agricultura Natural de Campinas e Região – ANC, Roberto Machado e do ex-presidente do Conselho de Defesa do Meio Ambiente – Comdema Campinas, Rafael Moya.

O combate aos agrotóxicos e o apoio à produção agroecológica”, é um debate que ocorre nesta terça-feira, dia 12/11, às, no Plenarinho, Av. Engenheiro Roberto Mange, 66 – Ponte Preta.

Projeto de Lei proíbe agrotóxicos

Tramita na Casa, o Projeto de Lei 207/13, de autoria do vereador Paulo Bufalo, que prevê a proibição do uso e da comercialização do agrotóxicos que contém 19 substâncias que trazem risco à saúde da população e efeitos como câncer, insuficiência hepática e esterilidade. Para saber mais acesse:http://www.paulobufalo.com.br/materiais/

A iniciativa busca contemplar a população de Campinas e os pequenos agricultores. “Não podemos continuar permitindo que a população corra o risco de se contaminar, independente do nível consumido. Por outro lado, os agricultores não podem ficar desamparados legalmente e nem sofrer qualquer tipo de prejuízo. Trabalhamos juntos na criação do PL, para atender a todos e da forma mais saudável”, explica Bufalo. O vereador também é autor da Lei 11.463, de 2003, que proíbe a fabricação e o uso de amianto em Campinas.

Posted in Noticia.