População apoia CPI dos transportes de Bufalo

Na Sessão do dia 24 de junho, o Vereador Paulo Bufalo (PSOL) falou na Tribuna, mais uma vez, sobre a falta de transparência com relatórios da Emdec, de supostas irregularidades quanto ao subsídio, de aumentos considerados indevidos, de acordo com análise de planilhas referentes ao mês de novembro de 2012. Essas e outras razões levaram o vereador a pedir a abertura de uma CPI – Comissão Parlamentar de Inquérito sobre os transportes. No entanto, o requerimento conta com apenas 5 assinaturas e são necessárias 11. A Emdec fornecerá planilhas à Câmara, amanhã, para apreciação.

modelo-base5

 

Acompanhe o pronunciamento do parlamentar, feito ontem, na íntegra.

A Casa nos informou que a planilha das tarifas de Campinas estaria disponível, hoje, para a Câmara Municipal, mas isso não ocorreu. Tenho um Projeto de Lei tramitando, que obriga a periodicidade de apresentação das planilhas à essa Casa, para que seja debatida em audiência pública por ter informações relevantes. Se aparece 8 milhões de passageiros na planilha, quem define isso? A empresa pública ou a privada, que opera o sistema. São esses dados que queremos conhecer, é preciso saber essas informações, que necessitam de fiscalização rigorosa. Por exemplo, o valor da mão-de-obra de manutenção tem repasse equivalente a 100% do valor da peça, que por sua vez, têm valores quase 70% majorando o mercado de peças, como apresentou o nobre vereador Pedro Tourinho (PT) em outra ocasião.

O subsídio da tarifa saiu no fim dos anos 1990 porque a gratuidade onerava as tarifas. A casa precisa ficar alertas com a vinda do BRT (Bus Rapid Transit), que terá o maior investimento para o transporte do município, por isso apresentei uma emenda para aumentar a fiscalização sobre a obra e foi rejeitada pelos nobre vereadores. A municipalização do transporte também é uma pauta importante, estive nas ruas na quinta-feira (20/6) passada, para ouvir o apelo das ruas. Desde de fevereiro tenho o requerimento da CPI, fundamental para saber como a tarifa chegou a ser uma das mais caras do país e também para pensar o sistema de transporte, que está falido. Consegui cinco assinaturas e somos 33 vereadores, isso porque queremos investigar o governo passado, mesmo assim a blindagem é forte. Tenho fé na voz do povo que pede pela CPI dos transportes e faço um apelo à essa Casa”.

Posted in Noticia.