Audiência do Plano Estadual de Educação expõe tucanos

DSCN7723

A crise em que se encontra a educação pública no estado de São Paulo foi denunciada por professores, estudantes, deputados e vereadores na Câmara de Campinas, agora há pouco, em audiência pública sobre o Plano Estadual de Educação apresentado pelo governo estadual.

A Comissão de Educação da Casa recebeu integrantes da Comissão na Assembleia Legislativa para a audiência. O deputado estadual do PSOL Raul Marcelo disse que as audiências precisam se debruçar sobre os gargalos da educação e fazer levantamento de recursos para investir na educação.

O vereador Paulo Bufalo (PSOL) lembrou do atropelo que foi a votação do Plano Municipal e do golpe que o governo deu na sociedade campineira e alertou para que a situação não volte a se repetir com o Plano Estadual.

Sobre os temais centrais do Plano, acredito serem fundamentais o financiamento na educação tendo como índice o PIB estadual para que não corra o risco de ser retirado lá na frente e a questão de gênero e diversidade sexual e enfrentando os fundamentalistas religiosos”, pontuou Bufalo.

Quanto a reorganização escolar apresentada pelo governador Geraldo Alckmin é apenas a ponta do iceberg. No ano passado, foram os cortes em repasse para a manutenção das escolas e ainda os sérios problemas na aposentadoria dos professores, além da má remuneração que não é respeitada há mais de duas décadas”, completou.

Campinas é uma das seis cidades que vai debater o Plano Estadual de Educação, apresentado pelo governo do PSDB, com vigência de dez anos e 23 metas. 

Posted in Noticia and tagged , , , , .